A PSICÓLOGA NO FACEBOOK     |     VÍDEOS     |     CONSULTÓRIO     |     PÁGINA INICIAL

29.5.12

HÁ CURA PARA O ALCOOLISMO?



O alcoolismo é um problema que afeta milhares de famílias em Portugal e é também um problema que arrasta consigo um número infindável de outras dificuldades.

São os laços afetivos que se deterioram,
os casamentos que vão por água abaixo,
os filhos que crescem com marcas profundas,
os traumas que os ensombram até à idade adulta,
as dificuldades financeiras,
o fraco desempenho profissional,
a violência doméstica...
E por aí fora.

Só quem tem ou teve um familiar alcoólico conhece bem o inferno que lhe está associado.

Apesar de se tratar de um problema que, em muitos casos, após intervenção médica e psicoterapêutica, é ultrapassado, continua a existir muita controvérsia em relação a uma questão:

O ALCOOLISMO É OU NÃO UMA DOENÇA?

A resposta parece óbvia mas a própria comunidade científica divide-se. Os Alcoólicos Anónimos funcionam sob o princípio de que o consumo abusivo de álcool não é uma doença, logo, não pode ser tratado. Pode, isso sim, ser controlado através da abstinência e com o apoio dos grupos de ajuda. Entre médicos e psicólogos, ainda que não haja consenso, impera a visão do alcoolismo como doença que pode ser tratada.

Recentemente foram feitos estudos que apontam para a possibilidade de alguns medicamentos terem a capacidade de interromper o ciclo de adição do alcoolismo. No entanto, uma parte da comunidade médica opõe-se a esta ideia.

Tudo aponta para que o alcoolismo seja efetivamente uma doença. No entanto, é possível que não se trate apenas de UMA doença, mas de várias.

Tal como não existe apenas um tipo de cancro, existirão diferentes tipos de alcoolismo e é por isso que existe tanta resistência à ideia de um medicamento poder ser a resposta para todas as situações de abuso do álcool.

Nalguns casos, o problema resulta de alterações genéticas, enquanto noutros tratar-se-á de uma consequência de outra perturbação, como a depressão ou a perturbação pós stress traumático.

Assim, ainda que a medicação possa vir a ser ajustada para uns, não será com certeza a solução para todos os alcoólicos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...