A PSICÓLOGA NO FACEBOOK     |     VÍDEOS     |     CONSULTÓRIO     |     PÁGINA INICIAL

26.10.05

O QUE FOI QUE ACONTECEU?

Quando uma relação amorosa chega ao fim, os membros do casal questionam-se sobre os seus próprios erros. Às vezes o casamento (ou união de facto) acaba antes do amor e o sofrimento é ainda maior.

Independentemente das circunstâncias, o fim de uma relação representa sempre o fracasso de um projecto no qual duas pessoas investiram bastante do ponto de vista emocional.

O divórcio constitui, por isso, o segundo acontecimento mais “stressante” do ciclo de vida – só ultrapassado pela morte do cônjuge ou de um filho!

O poema do fado “O que foi que aconteceu”, cantado pela belíssima Ana Moura é comovente e ilustra bem o estado emocional de quem passa por este tipo de situações.

O QUE FOI QUE ACONTECEU (Tozé Brito)
Aconteceu
Eu não estava à tua espera
E tu não me procuravas
Nem sabias quem eu era
Eu estava ali só porque tinha que estar
E tu chegaste porque tinhas que chegar
Olhei para ti
O mundo inteiro parou
Nesse instante a minha vida
A minha vida mudou
Tudo era para ser eterno
E tu para sempre meu
Onde foi que nos perdemos?
O que foi que aconteceu?
Tudo era para ser eterno
E tu para sempre meu
Onde foi que nos perdemos, meu amor?
O que foi que aconteceu?
Aconteceu
Chama-lhe sorte ou azar
Eu não estava à tua espera
E tu voltaste a passar
Nunca senti bater o meu coração
Como senti ao sentir a tua mão
Na tua boca o tempo voltou atrás
E se fui louca
Essa loucura
Essa loucura foi paz
Tudo era para ser eterno
E tu para sempre meu
Onde foi que nos perdemos?
O que foi que aconteceu?
Tudo era para ser eterno
E tu para sempre meu
Onde foi que nos perdemos, meu amor?
O que foi que aconteceu?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...