A PSICÓLOGA NO FACEBOOK     |     VÍDEOS     |     CONSULTÓRIO     |     PÁGINA INICIAL

21.5.08

DÚVIDAS ACERCA DA RELAÇÃO CONJUGAL

É sabido que a nossa satisfação conjugal determina a nossa comunicação: os casais felizes comunicam de forma mais eficaz e as suas interacções positivas superam, em larga medida, os momentos de tensão. Mas que peso pode ter o facto de um dos membros do casal sentir dúvidas acerca da relação? Até que ponto é que essas dúvidas condicionam a comunicação, o dia-a-dia do casal? A verdade é que, quando uma pessoa se sente insegura a respeito do seu casamento, tende a fazer mais considerações negativas acerca do comportamento do cônjuge, mostrando-se mais pessimista e desesperançada.

Este pessimismo pode ser desencadeado por factores tão diversos como uma mudança profissional, conflitos regulares com a família de origem, problemas financeiros, doenças, infidelidade, falta de comunicação ou uma gravidez.

À medida que a insegurança se instala, a pessoa tende a estar hipervigilante em relação ao comportamento do companheiro, avaliando-o sistematicamente. E essa avaliação é quase sempre negativa – o cônjuge passa a ser visto como menos carinhoso ou mais desligado. Consequentemente, as conversas são marcadas por sentimentos como a raiva ou a tristeza.

Ao contrário do que se possa pensar, esta instabilidade pode surgir mesmo perante pequenas inseguranças, tornando-se devastadora. Qualquer conversa pode descambar numa discussão porque a pessoa se torna extremamente reactiva.

Pelo contrário, os casais que se sentem seguros a respeito do seu casamento comunicam de forma muito eficaz. Até os assuntos potencialmente geradores de tensão podem ser alvo de conversas, já que, mesmo que haja discussões, o grau de reactividade não é tão intenso.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...