A PSICÓLOGA NO FACEBOOK     |     VÍDEOS     |     CONSULTÓRIO     |     PÁGINA INICIAL

25.6.13

FACEBOOK TRAZ VANTAGENS PARA A AUTOESTIMA

A atração que o Facebook desencadeia em milhões de utilizadores em todo o mundo não tem passado despercebida aos psicólogos e investigadores. Recentemente foram apresentados os resultados de mais um estudo, que nos dá conta da importância que o Facebook pode ter enquanto promotor da autoestima.

Numa parte da investigação, estudantes universitários foram convidados a fazer um breve discurso. Enquanto esperavam pelo feedback, foram autorizados a consultar o seu perfil do Facebook ou o perfil de outros utilizadores. Alguns minutos depois, cada participante recebeu uma avaliação negativa sobre o discurso, independentemente do seu desempenho. Depois foi-lhes pedido que dessem a sua opinião sobre quão justa tinha sido a avaliação. A investigação mostrou que os participantes que tinham consultado o seu próprio perfil assumiram uma postura menos defensiva sobre a avaliação negativa do que aqueles que tinham consultado outros perfis.

Noutra fase do estudo, uma parte dos estudantes recebeu avaliação negativa enquanto a outra parte teve avaliação positiva. Desta vez tinham a opção de consultar o próprio perfil de Facebook ou de navegar por outras páginas, como o You Tube ou sites de notícias. A investigação mostrou que a probabilidade de escolherem o Facebook era maior entre os estudantes que obtinham nota negativa.

Assim, a par de tantas chamadas de atenção para os perigos associados à rede social que tem revolucionado o mundo, surgem agora vantagens potencialmente significativas. A pesquisa sugere que o Facebook possa ser usado de forma terapêutica em intervenções de autoafirmação.

A verdade é que entre os utilizadores desta rede social estarão com certeza vários milhões de pessoas que já reconhecem no Facebook a oportunidade de, através do retorno que vão obtendo, sentirem-se bem consigo mesmos. Porquê? Porque, de um modo geral, a inclusão no FB oferece a possibilidade de cada pessoa olhar para si mesma como pertencente a um grupo, a uma rede de suporte, que inclua familiares e amigos. Esta vantagem pode ser especialmente terapêutica para segmentos específicos da população. Por exemplo, as pessoas solteiras ou recentemente divorciadas que se sintam ansiosas em relação à sua condição podem sentir algum conforto aquando da construção ou mesmo da consulta dos seus perfis, já que isso lhes permite refletir sobre os seus valores, sobre a sua identidade. Do mesmo modo, os alunos que se sintam ansiosos em relação aos exames talvez possam encontrar algum alívio na consulta dos próprios perfis.


Veremos o que trarão as próximas pesquisas a respeito da possibilidade de o Facebook poder funcionar como um instrumento capaz de preservar a autoestima e a autodisciplina.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...