A PSICÓLOGA NO FACEBOOK     |     VÍDEOS     |     CONSULTÓRIO     |     PÁGINA INICIAL

10.11.15

9 SINAIS DE INFIDELIDADE EMOCIONAL


Nos tempos que correm quase toda a gente tem amigos do sexo oposto – no trabalho, no ginásio, nas redes sociais. Quando se tem um relacionamento sério, como é que se pode avaliar se uma amizade é mesmo só uma amizade? Quais são os limites que separam uma amizade da infidelidade emocional?


VOCÊ MANTÉM CONVERSAS CUJO CONTEÚDO O MAIS-QUE-TUDO JAMAIS PODERIA CONHECER.

Esta é a regra número 1 da infidelidade emocional. Se dá por si a conversar via Facebook ou e-mail e a pensar “Ainda bem que ele/a não está aqui para ler isto”, isso significa que as conversas que vem mantendo são tudo menos inocentes. O mais provável é que, mesmo que ainda não tenha assumido para si mesmo(a), esteja a flirtar com outra pessoa. Se acha que não, faça um teste: sentir-se-ia à vontade se o seu companheiro acedesse a estas conversas? Se a sua resposta for “Sim, eu não teria qualquer problema em trocar estas mensagens com ele(a) ao meu lado”, pode sentir-se seguro. Se a sua resposta for “Claro que não!”, é melhor parar para pensar nos sarilhos em que pode estar a envolver-se.

VOCÊ PASSOU A TER MUITO MAIS CUIDADO COM A SUA APRESENTAÇÃO.

Passou a vestir-se muito melhor desde que entrou um(a) novo(a) colega para o escritório? Agrada-lhe a ideia de se vestir para impressionar uma pessoa específica? Vibra com os elogios que essa pessoa lhe tem feito? As idas ao ginásio multiplicaram-se e você encontrou finalmente alguém a quem agradar através da perda de peso? Se respondeu sim a pelo menos uma destas questões, não tente enganar-se a si mesmo(a). O mais provável é que a pessoa que tem animado os seus dias não esteja apenas a trazer-lhe sorrisos e borboletas na barriga… Vêm aí problemas para a sua relação.

VOCÊ TENTA ENCONTRAR OPORTUNIDADES PARA SE ENCONTRAR COM ESTA PESSOA SEM O SEU CÔNJUGE ESTAR PRESENTE.

Uma coisa é você cruzar-se diariamente com um(a) amigo(a) a caminho do trabalho ou nas idas ao ginásio. Outra coisa completamente diferente é você estruturar a sua agenda de maneira a conseguir cruzar-se propositadamente com aquela pessoa. Você pode até nem dar conta mas este entusiasmo pode ser um dos primeiros sinais de que aquela pessoa é muito mais do que um(a) amigo(a).

VOCÊ APAGA AS MENSAGENS TROCADAS COM ESTA PESSOA E/OU OS REGISTOS DOS TELEFONEMAS.

Pode dizer a si mesmo(a) que é só “para evitar chatices” ou que o seu mais-que-tudo “é demasiado ciumento e não iria entender”. No final de contas, o resultado é o mesmo: estas mensagens e estes telefonemas já estão a causar dano à sua relação. Num relacionamento saudável as pessoas não sentem obrigação de prestar contas todos os dias, não há a obrigatoriedade de relatar cada passo, cada mensagem e cada telefonema… mas também não há esforços para ocultar conversas específicas. Este comportamento é mais um sinal claro de que o seu interesse por pessoa é muito mais perigoso do que você está capaz de admitir.

VOCÊ ESTÁ SEMPRE A FALAR DESTA PESSOA.

A sua admiração e o seu encantamento por esta pessoa atingiram um nível tal que, sem se dar conta, a maior parte das suas conversas giram à volta do que esta pessoa tem feito? Apesar de todas as chamadas de atenção – inclusive do seu companheiro – continua a sentir-se incapaz de desviar o seu pensamento e, quando dá por si, já está outra vez a relatar um episódio que envolva aquela pessoa evidenciando claramente o seu êxtase?


VOCÊ TEM MUITO MENOS PACIÊNCIA PARA O SEU MAIS-QUE-TUDO.

Talvez não tenha dado por isso mas se o seu cônjuge se tem queixado porque você anda distante, sem paciência e muito mais crítico do que era habitual, isso pode ter um motivo concreto: o seu encantamento por outra pessoa levá-lo(a)-á a afastar-se física e emocionalmente do seu companheiro. Desvalorizar esses apelos e dizer a si mesmo(a) que ele(a é que anda a ser demasiado chato(a) é ignorar um problema que, mais cedo ou mais tarde, revelar-se-á bem maior do que parece.

VOCÊ TRATA ESTA PESSOA DE FORMA ESPECIAL.

Tem um(a) colega que se esquece frequentemente de colocar o despertador e você oferece-se para lhe ligar todas as manhãs? Ele(a) contou-lhe que nem sempre encontra motivação para ir ao ginásio e você comporta-se como um personal trainer e envia diariamente mensagens de incentivo? Estes gestos podem parecer-lhe inocentes… mas não são. Estas são formas que você encontrou para dizer “Tu és especial para mim” e, mesmo que não admita, você estará à espera de reciprocidade. Este é o seu investimento numa relação que deixou de ser uma amizade inofensiva.

VOCÊ SENTE MAIOR DIFICULDADE EM CONCENTRAR-SE QUANDO ESSA PESSOA ESTÁ PRESENTE.

Se a pessoa em causa for um(a) colega de trabalho, o mais provável é que você sinta que a sua produtividade tem caído a pique. Mas mesmo que não seja, bastar-lhe-ão algumas mensagens (ou a ansiedade provocada pela ausência dessas mensagens) para que o seu foco se dissipe. Pode dizer o que quiser a si mesmo(a). A verdade é que este é um dos primeiros sinais de que não consegue tirar aquela pessoa do seu pensamento.

VOCÊ DIZ A TODA A GENTE QUE SÃO SÓ AMIGOS.

É um pouco como se estivesse a tentar convencer-se a si mesmo(a). Há quem chame a sua atenção, há quem se queixe, há quem faça perguntas incómodas. A sua resposta é sempre a mesma: “Somos só amigos”. E quando dá por si, está a justificar-se várias vezes por dia. Tenha cuidado. É possível que TODA a gente à sua volta já tenha reparado nos sinais de enamoramento.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...