Consultório            Facebook           Instagram            YouTube            Página Inicial


24.4.18

O QUE AS MULHERES PROCURAM NUMA RELAÇÃO


Será um homem com “six pack”*? Uma conta bancária recheada? Ou alguém que lhes ofereça flores todas as semanas? O que é que as mulheres mais procuram numa relação? A resposta, felizmente, hoje é muito clara e devemo-la à ciência:


As mulheres procuram CONFIANÇA.


O que é que isto significa? Significa que a maior parte das mulheres precisam da certeza de que o homem que está ao seu lado é aquilo que diz ser e faz aquilo que diz que vai fazer.

Se é homem, não se apresse a levantar as mãos em jeito de vitória porque, apesar de parecer simples, esta “tarefa” é muito desafiante. Não se refere apenas à sua capacidade de ser claro e honesto em relação às suas características de personalidade, ao reconhecimento dos seus defeitos ou ao facto de você não mentir em relação a coisas importantes. Tudo isto é importante mas há mais.



E quando é que é preciso? Isso varia de mulher para mulher. O desafio de cada homem é conhecer verdadeiramente a mulher que está ao seu lado e procurar responder às suas necessidades.

AS QUEIXAS DAS MULHERES

E AS QUEIXAS DOS HOMENS


Há duas queixas comuns à esmagadora maioria das MULHERES que encontro quer em terapia conjugal, quer em terapia individual:

1. Ele nunca está “lá” para mim.

As mulheres queixam-se de não poder contar com o companheiro quando mais precisam. Isto tem sobretudo a ver com a necessidade de conversar sobre aquilo que as incomoda, sobre o que mexe com elas. Tem a ver com a necessidade de sentirem que o companheiro se interessa e presta MESMO atenção quando elas se sentem tristes, vulneráveis, preocupadas ou irritadas.

2. Não há intimidade suficiente.

Esta queixa não diz respeito ao sexo embora, como explicarei de seguida, acabe por afetar também a intimidade sexual. Diz respeito à intimidade emocional. As mulheres queixam-se de não existir conexão. Às vezes tudo parece funcionar – marido e mulher são uma verdadeira equipa no que diga respeito às tarefas domésticas, à gestão financeira ou à educação dos filhos – mas não há ligação emocional que permita que ambos se sintam “em casa”.

Então e quais são as queixas dos HOMENS?

1. Há demasiadas discussões.

A maior parte dos homens olham para os conflitos como problemas que atrapalham a felicidade do casal e procuram fugir deles. Muitas vezes, quando as mulheres se queixam, os homens assumem automaticamente a responsabilidade de “resolver” o assunto e, quando não são capazes de encontrar uma solução, sentem-se aflitos, daí que fujam das discussões. A questão é que na maior parte das vezes, NÃO é preciso FAZER mais nada além de escutar.

2. Há pouco sexo.

Homens e mulheres gostam de sexo e precisam de se sentir ligados também por esta via. E o mesmo se passa em relação à intimidade emocional: ela é importante tanto para os homens como para as mulheres. A questão é que a maior parte dos homens SENTEM MAIS a intimidade emocional quando há mais sexo (e quando há menos discussões).

O SEGREDO É… ESTAR EM SINTONIA


Quando uma mulher tem a sensação de que pode falar com o companheiro sobre aquilo que a entristece, o que a irrita ou qualquer outra coisa, há muito menos discussões, há mais harmonia, mais sexo e AMBOS se sentem genuinamente ligados e felizes.



Como é que isto se faz?


1. Atenção exclusiva. 

 Quando a mulher procura o companheiro para falar sobre aquilo que é importante PARA ELA, precisa de sentir que ele é capaz de pousar o telemóvel, desligar a televisão ou desviar o olhar do que quer que estava a fazer SÓ para prestar atenção. Se estiverem numa festa, num centro comercial ou noutro local público, a mulher espera que ele não se distraia e se foque no que ela estiver a dizer. É sinal de que se importa e de que quer saber.

2. Cara a cara.

Pode parecer irrelevante mas se estivermos ao lado de alguém, é mais provável que transmitamos a mensagem de que não estamos assim tão interessados no que quer que a pessoa tenha para contar. Imagine que está no hospital e quer saber notícias sobre alguém de quem gosta. Falaria com os médicos olhos nos olhos, certo?

3. Tentar compreender.

Se a maior parte dos homens abdicassem da responsabilidade de resolver os problemas das mulheres, sentir-se-iam automaticamente mais aliviados e… conectados. Na esmagadora maioria das situações – 99.9 por cento das vezes – as mulheres precisam que os companheiros as tentem compreender. Isso faz-se colocando perguntas que traduzam GENUÍNO interesse e vontade de compreender a situação – quer ela diga respeito à relação ou a outra coisa qualquer.

4. Não se defenda.

Eu sei que é dificílimo ouvir atentamente alguém que nos está a criticar. Quando a sua mulher o critica, NÃO é preciso que concorde com ela. É preciso que a ouça COM ATENÇÃO e que tente compreender o que ela está a sentir. Quando o marido diz coisas como «Então e tu?», tentando contra-atacar, está a fazer com que a irritabilidade da mulher cresça ainda mais (porque se sente incompreendida em vez de escutada). Desta forma, e para desespero dos homens, a discussão pode tornar-se interminável.



Lembre-se de que NÃO tem de resolver nada nesse momento.

5. Empatia.

OK, você já colocou perguntas que o ajudam a compreender o que está a acontecer. Agora é preciso mostrar que é capaz de SENTIR o que a sua mulher está a sentir. Relembro: Não é preciso concordar com o que ela está a dizer. Também não é preciso dizer que, se estivesse no lugar dela, também se sentiria assim (sobretudo se não for verdade).

Aquilo que qualquer homem pode fazer é prestar atenção aos sinais não-verbais que mostram que a mulher pode estar triste, com medo ou irritada e perguntar «Como é que isto te faz sentir?».

Quando os homens percebem que não têm a obrigação de resolver todos os problemas – mesmo quando estes dizem respeito à relação -, sentem-se menos stressados e acabam por ser capazes de se ligar às suas mulheres de forma genuína. Prestar atenção e procurar “estar lá”, diminui o número de discussões, aumenta a quantidade de gestos de afeto e permite que as dificuldades sejam geridas com criatividade.

* Abdómen tonificado
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...